LUIS MOLOSSI

Zaia in Brasile - promessa da pagare o campagna per il "NO"?

novembro de 2016

ADESSO I VENETI SONO RICORDATI

 

Na Consulta Vêneta de Cittadella-Padova, havida em 2013, o Governador do Vêneto, Luca Zaia, convidado em assembleia pelo consultor do COMVERS, Cesar Augusto Prezzi, gravou um vídeo para mim e, depois, publicado pela Revista Insieme, onde buscamos um compromisso de receber a maior autoridade da nossa região de origem na Itália, no nosso país, que tem a maior representatividade dos Vênetos no mundo, confirmada pela grande presença de seus descendentes na população no Sul do Brasil e no número de consultores presentes nas Consultas Vênetas: 4 (RS, SC, PR e SP) em 13 de todo o mundo. E o vídeo compromisso foi lembrado recentemente, quando tivemos a confirmação da visita do Governador reeleito em 2014, conforme pode-se conferir no seguinte endereço: https://www.youtube.com/watch?v=IJbF-aKKVjw

 

 “Un saluto a tutti i Veneti in Brasile. Vi ricordo sempre con gioia e anche con molto piacere visto e considerado che mio nonno è nato a San Paolo, il 1896, 5 maggio. Così i racconti di mio nonno del Brasile sono ancora attuali. E la volontá di restare ancora collegati con tutti i veneti.  Che, poi, noi vogliamo ringraziare fino in fondo perchè se oggi il Veneto può parlare di svillupo, può parlare di industria, di un´ottima agricultura, lo dobbiamo ai tanti emigrati e tanti veneti che se ne sono andati per lasciar posto a tavola a chi non aveva da mangiare. Quindi un saluto veramente di cuore, una speranza di incontrarvi tutti direttamente. E direttamente dal Governatore del Veneto. Ciao a tutti!”

 

E quando convidado a vir ao Brasil:

"Assolutamente sì; cercheró di fare in modo di essere presente. E sopratutto nelle manifestazioni più importanti; a iniziare, poi, dall´accompaganre i leoni della Repubblica Veneta direttamente nelle piazze.”

Isso porque o compromisso era para que esta visita acontecesse em 2014, mas, em razão das eleições ao Governo do Vêneto de 2015, que se aproximavam – onde Zaia foi reeleito – este argumento ficou engavetado para, surpreendentemente, voltar a ser lembrado agora, no final de 2016, mas por uma razão mais estratégica, além da “inauguração dos leões nas praças”, como bem registrado na edição da Revista Insieme 175, de Julho/2013: trata-se de buscar anular a visita da Ministro Boschi, que esteve no Brasil nos dias 28 a 30/09 (Insieme 214-Novembro/2016) para inaugurar os comitês pelo SIM no referendum previsto para o dia 04/12/2016, sobre a reforma constitucional que praticamente extinguirá o Senado Italiano, com o fim do bicameralismo perfeito, aposta do Governo Renzi.

Lembrando os argumentos da ala do SIM, podemos repetir que, “de repente, ficamos importantes e decisivos, nos tornamos os ‘embaixadores do Vêneto no mundo’ dos discursos de sempre. E poderíamos ser muito mais, se fossem eliminadas as filas da cidadania, assunto recorrente e de difícil trato por aqui. Poderíamos ser quase 2 milhões de eleitores somente no Brasil e contaríamos muito mais.” Mas, agora, em favor do NÃO, já que a Lega Nord, partido do Governador Zaia, é totalmente contra as reformas propostas pelo governo Renzi e, evidentemente, quer a sua derrota, na esperança de que a Lega se torne a próxima alternativa ao Governo da Itália, como é natural em disputas pelo poder.

 

Quanto à viagem do Ministro Boschi, tida como um “grotesto tour” pela América Latina para defender uma posição (SIM), tudo pago pelo Governo Italiano, como podemos classificar a visita do Governador Zaia? Por enquanto – e para alegria de grande parte dos Vênetos do Sul do Brasil e a nossa, porque lá estaremos para receber o nosso Governador juntamente com centenas de amigos vênetos gaúchos – apenas uma viagem para inaugurar o último dos 5 leões vênetos, na pequena Cidade de Santa Tereza, na Serra Gaúcha, iniciativa do COMVERS-Comitato Vêneto do RS, como bem explicado no vídeo a mim gravado. Já em Buenos Aires, para onde também está prevista visita, pela agenda que foi divulgada pela sua assessoria, não existem leões a serem inaugurados, mas uma comunidade vêneta muito grande e forte, também digna de uma visita da autoridade máxima regional, que, certamente, o receberá com honras e festa que o evento merece.

 

Se for para defender o NÃO no referendum constitucional e, inaugurar algum comitê de apoio, somente saberemos depois da visita que acontece entre os dias 14 e 17 de novembro/2016, em Porto Alegre, Serra Gaúcha e Buenos Aires, e na próxima edição. A Lega Nord, partido de Zaia, já definiu seu apoio ao Não, pelos seguintes 10 motivos: 01) A Reforma não diminui os custos da política; 02) Cria um Senado como casta de nomeados; 03) Acaba com as autonomias virtuosas; 04) Acaba com o vínculo do mandato parlamentar; 05) Reduz a participação direta dos cidadãos; 06) Não agiliza o processo das leis, mas apenas as enganações; 07) Dá imunidade a 95 prefeitos e conselheiros regionais; 08) Não simplifica, nem  supera o bicameralismo; 09) Subordina a Itália às leis da Euro e 10) Cria uma constituição complicada e confusa.

 

Toda a diretoria da FAVEP-Federação das Associações Vênetas do PR estará presente, primeiro para agradecer ao Governador Zaia pelo cumprimento da promessa e todas as iniciativas que fazemos a favor das nossas comunidades. E, claro, estaremos atentos aos discursos políticos do NÃO, se efetivamente ocorrerem. Afinal, como sempre defendemos, direitos iguais a todos!

Deixe sua opinião

Enviando formulário…

O servidor encontrou um erro.

Formulário recebido.

LUIS MOLOSSI
LUIS MOLOSSI